quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Um longo dia ...

http://vivendodesventurasemserie.blogspot.com/
http://ankoy-te.blogspot.com
http://wahankh-n.blogspot.com/

Sim, sim pessoas estou de volta com os relatos de coisas não tão legais assim, mas que valem registros. Mas antes, como prometido o blog destes seres que me inspiram para continuar relatando os causos de coisas que podem até não ser importantes para vcs, mas para mim é (rs) ^^. O primeiro é de uma grande amiga minha, que no período Mezóico, tenta encontrar razões para ainda permanecer enclausurada sobre o ensino que nos forma. O segundo de uma amigona também que tenta através dos sonhos, e por consequência, de sonhadores explanar suas idéias - esta é uma libriana nata. E o último, mas não menos importante, é este blog jogado, digamos assim Ás traças, como o nome já sugere (Tem coisas interessantes como: Nivaldo, Hiro, Uriah Heep, Trinindad e Tobago e chá verde O.O).

Bom, bom como continuação do post irei relatar aqui o que me veio em pensamento no meio do estágio. Primeiro, o fato, a alegria de acordar cedo e não ter aula, pois a nossa querida Teresinha fez o favor de faltar. Dos problemas, o menor, pois apesar do corte de cabelo dela que se parece da Rukia Kuchiki, nada se parece com a personalidade da shinigami.

Depois fomos para a 6ªB com o auxílio da Miriam, essa sim se parece com uma professora. Ao chegar nos deparamos com um problema no meio da aula, o tédio. Sim, sim ficar o dia inteiro sentado também é cansativo, a solução encontrada foi nos entreter com nossos livros de cabeceira. Um livro que estou lendo é Alma e Sangue. Muito interessante diga-se de passagem.
Mas, ao final da aula o meu celular vibra e me chama atenção, era um item recebido através do bluetooth, um tal de "balança". Achei estranho e pensei em recusar, porém a curiosidade foi maior. Aceitei. Não ouvi, pois estava em aula. Depois foi uma sequência de 3 itens recebidos seguidamente (maldita curiosidade xD). Para compensar as músicas que recebi mandei uma música ao vivo da abertura do Jiban "kidou keiji Jiban" interpretada pelo Akira Kushida. Ao final do período matinal das aulas eu ouvi as músicas. Me surpreendi ao perceber que eram funks e me surpreendi mais ainda pq a Milla-Chan cantava todas xD. Enfim, depois fiquei pensando se o Policial de aço irá salvar este ser destes males. Pobre criatura.

Ao final deste ciclo na 6ªB, o pior nos aguardava- a temida 6ªD. Sim, sim e não é á toa que eles tem essa fama. Assim que chegamos, nos deparamos com a maioria dos alunos em sala fora de seus lugares e berrando por toda á parte e o pior, a sala estava imunda. Mesmo com os berros, merecidos da Miriam nada fez efeito. O que restou para fazer foi chamar a vice-diretora que fez questão de dar uma baita bronca neles, eu anotei algumas coisas na hora. vamos lá então...

Sim, sim estamos mais uma vez nesta aventura de assistir essas temidas aulas. Junto com esses bravos professores que, por vezes, são mais que heróis. A nossa querida professora gosta de Rurouni Kenshin. Sim, sim só uma otaku para nos entender ^^. Enfim, a 6ªD é uma sala muito indisciplinada, salvo 3 raríssimas exceções *(esperança *-*)*. Se quiser sobreviver, aconselho não entrar nesta sala, pois eles não foram alimentados. Bom, a vice-diretora acabou de sair dando uma baita bronca e adivinhem o que aconteceu meia hora depois? Exato, Voltaram á ser os animais do cotidiano, sendo até um deles levado á diretoria.

Em homenagem á professora Miriam, Rurouni Kenshin.

Logo depois do período matinal fomos para a 5ª C aplicar á nossa prática de ensino. Mas, há um grande abismo entre ás quintas e sextas. Pois se uma é totalmente desorientada á outra é o contrário. Impressionante ! Mas, não falarei neste post das quintas séries, pois há muita coisa para se falar destes seres. Sorte nossa ! ^^

É isso... eu sei que o meu post tá parecendo mais um diário online, porém eu tinha que compensar o 1º post de apresentaçao e iniciação. Já sabem, né?! Se puderem comentar ficarei grato. ^^

2 comentários:

Deh disse...

hauahauahauahauahuahauaha *mijando de rir da história do funk*

poutz, pior que era... só da a Milla "aaaaaaaaaaaaaaah, essa eu conheço!"
E o cara da música "e ela balança mai num cai... balança mai num cai" hahahaha
Impagável.

=******

Priscila disse...

uahuahauha fiquei imaginando a parte do funk tbem
qdo pensamos que conhecemos as pessoas tsc tsc tsc rs
mais vcs sao exemplos a ser seguidos,afina vao pro martirio com garra e vontade rs

e afinal da onde vc recebeu as musicas?ou de quem? ou como?! ^^